quarta-feira, 29 de junho de 2016

A aparência física e os adornos, segundo as Escrituras.



Eu, Waldecy Antonio Simões, internauta ativo na propagação da Palavra de Deus, pertenço a uma das 398 congregações pelo mundo que santificam o sábado como o Dia do Senhor, portanto somos os remanescentes que não aceitaram a subserviência ao papado romano de tantos erros. Siga o Link:


http://gospel-semeadores-da.forumeiros.com/t12521-todas-as-igrejas-que-guardam-o-sabado. 

“Ainda que o número dos filhos de Israel seja como a areia do mar, o remanescente é que será salvo”. Romanos 9:27


“Guias cegos; coais um mosquito e engolis um camelo!”. Jesus, em Mateus, 23.24.

Jesus criticava os fariseus por se preocuparem com preceitos de pouco valor, mas se desviavam dos mais importantes, aqueles que diziam diretamente com respeito à salvação na eternidade. E isso continua até hoje. Há congregações que, segundo sua doutrina humana, proíbem que as mulheres cortem os cabelos; proíbem o uso de batom; de maquiagem ;de usar adornos, tais como correntinhas, brincos, pulseiras, etc proíbem os homens de usar barba, como se Jesus Cristo não usasse barba, e por aí afora, Coando mosquitos, mas engolindo camelos, são esses ditos pastores, pois é visível para quem conhece as Escrituras que tais congregações se desviam delas de acordo com as suas doutrinas e tradições extremamente mais graves que adornos, pois acabam por agredir a Palavra Imutável de Deus Pai.

“Se em Cristo estais mortos aos princípios deste mundo, por que ainda vos deixais impor proibições como se vivêsseis no mundo?   (...) Elas podem, sem dúvida, dar a impressão de sabedoria (...) Mas não têm nenhum valor real, e só servem para satisfazer a carne”.  Preceitos do Senhor, em Colossenses,   2.21. 

Estudando-se o Evangelho é fácil perceber que, com o intuito de mostrar ao homem que não deve se preocupar muito com seu corpo e com as coisas da Terra  (João 6:63), mas, sim, muito mais com sua alma,com as coisas do espírito, com extremo cuidado e atenção, Jesus não se preocupou em ditar normas de conduta humana relativas a detalhes pessoais. Não se opôs ao uso de perfumes, de jóias, de enfeites, de pinturas, de cabelos longos ou curtos ou de determinados tipos de roupas. Jesus nunca separou os seus ouvintes por gênero: os homens de um lado e as mulheres em outro. Até defendeu e elogiou, em público, o procedimento de uma mulher de fé que lhe perfumou os pés com um caro perfume.

Acaso o Livro dos Cânticos (quase nunca usado) não pertence à Palavra de Deus e ensina, também a Verdade? Ou será que foi colocado por engano? Não? Ora, então a Palavra de Deus elogia os enfeites da mulher, que a deixa muito mais bonita.

Acredite, o Senhor Deus Pai não está nem um pouco preocupado com o comprimento de seu cabelo, de sua barba, se você tem barba ou não; se usa um batom ou perfume ou não ou com outros detalhes normais de sua aparência física, mas sim, com o seu coração. Jesus já demonstrou não ligar para essas coisas menores: em Mateus, quando os fariseus reclamaram a Jesus de que os seus discípulos não lavavam as mãos antes das refeições, ele disse:

“Não é o que entra  pela boca de um homem que o contamina, mas é o que sai de sua boca (do coração) que o contamina”. Mateus, 15.11. 

Jesus quis dizer mais ou menos isso: “Vocês coam um mosquito, mas engolem elefantes. Preocupam-se com coisas menores, com seus regulamentos e tradições, mas se esquecem do que mais importa para o homem:  Se os homens e as mulheres quiserem salvar-se, devem cuidar, em seu coração, da vivência diária dos meus preceitos que eu lhes trouxe de meu Pai, o resto não passa de detalhes”.

Uma parte dos homens considera a mulher sem batom mais atraente, mas se você tenta ficar mais bonita usando batom, ou com outros pequenos detalhes de procedimentos pessoais, isso não consiste falta.  Deus se preocupa, sim, que o seu coração seja puro e cheio de amor.  Desde que você se vista e viva dentro dos padrões da decência, Deus só se preocupará com o seu interior.

As Escrituras afirmam que o homem vê a aparência, mas Deus vê o coração. O que interessa a Deus, é que o seu coração seja puro e humilde, de forma tal, que todas as suas ações estejam fundamentadas nos exemplos de Cristo, não importa se você tenha ou não cabelos curtos, longos ou que use perfumes e brincos. Evidentemente a mulher tem de vestir-se como mulher e o homem como homem, pois o Criador os fez diferentes, e é muito mais interessante, atrativo e bonito ver uma mulher vestida de mulher.

Há congregações que abominam a barba num homem, mas se temos de usar Jesus como exemplo espiritual, temos, também, de nos espelhar em seus usos e costumes da época, por isso, deveríamos, então, nós homens, usar cabelo comprido, usar barbas longas, vestir-nos de túnicas e calçar sandálias.

Não tenha preconceito algum em melhorar sua forma de beleza, com produtos de beleza, pois na Palavra Escrita não há proibições quanto a isso, mesmo porque se for mulher, com seu cuidado físico melhora, em muito, as relações com o marido garantindo um casamento duradouro. Detalhes em meu blog:


O importante é manter-se cristão da fé, o cristão real que não tenta ser cristão apenas no interior do templo. Ser cristão apenas no interior do templo é muito cômodo, fácil, mas nada produtivo. 

As proibições do uso de batom, de cabelo curto e de outras preferências são provenientes de regulamentos religiosos dos homens sem fundamentos bíblicos. Nada mais são do que a repetição das famosas ordenanças judias, cheias de regulamentos dos homens, por isso mesmo abominadas por Paulo, o apóstolo. Há congregações que proíbem, ou apenas desaconselham os seus membros de ver TV ou Internet. Mas ambas podem trazer o bem ou o mal, e há como separar uma coisa da outra, bastando para isso trocar de canal.

A progressão da Ciência não é obra demoníaca, mas Satã sabe muito bem como usar a tecnologia para corromper as almas. O bem e o mal estão em tudo e em todo lugar, não só na TV e na Internet. Devemos, por tanto,  separar as coisas boas das nocivas. Que tiremos da TV e da Internet as boas informações, os bons programas e reneguemos os programas que fazem mal à alma.. Como sempre digo, desligar a TV ou mudar de canal é algo muito fácil.

Na Primeira Epístola de Pedro 3.3, a Palavra fala sobre roupas e adornos, com o objetivo único de alertar-nos sobre a importância absoluta do valor interior do homem sobre o exterior, mas nada nos revela sobre proibições afins:  

 "O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos".

Em I Coríntios 11.15, não há nenhuma proibição de a mulher cortar o cabelo,  mas sugere apenas que ela use cabelo comprido e se não os tiver que cubra a cabeça com um véu quando orar no templo. Essa regra fazia parte da tradição judaica e foi conservada por Paulo, mas não devemos nos esquecer de que, se preceitos tais fazem parte das Escrituras, e como foram inspiradas pelo Espírito Santo, são verdades incontestáveis e não podem ser esquecidas. Tenham em conta que TUDO, cada verso, cada vírgula colocada na Bíblia como temos hoje, foi por intervenção do Espírito Santo de Deus. O próprio Jesus citou a palavra TIL como importante na Bíblia, ou seja, cada caractere colocado é importante:

"Passarão os Céus e a Terra antes que das leis (de meu Pai) se consiga retirar um só til".  Mateus 5:17.

Jesus nunca se preocupou com a aparência física dos homens, mas com o que vem de seu coração, como também não se preocupou com o que comem, mas sim com o que saí do coração.  Há congregações que abominam a barba nos homens e cabelos compridos, mas digam-me: Como era Jesus?

Jesus nos ensinou que muito acima das tradições de costumes dos homens, dos ritos, das ordens, está a verdade real, viva e dinâmica. Essa verdade fundamenta-se no amor verdadeiro a Deus e ao semelhante e é mais fácil de ser encontrada nos simples de coração que, a despeito de cabelos longos ou curtos, têm o coração puro dos que vivem  de acordo com os preceitos de Jesus. 

Mas cuidado com as cirurgias plásticas, se essas forem realizadas apenas a título de beleza. Há operações plásticas que são necessárias para corrigir defeitos provocados por queimaduras, em outros acidentes ou incidentes, mas no momento que você realiza uma operação plástica de puro embelezamento, tal como as faciais naturais, na verdade você mostra que não está satisfeito, ou satisfeita, com o rosto que o Senhor lhe deu.  Você estará querendo modificar uma obra do Senhor.

No episódio da escolha para rei de Israel, que viria a substituir o rei Saul. O profeta Samuel fica deslumbrado com a aparência de rei de Eliab. Alto, bonito, guerreiro de Saul e julga que pela APARÊNCIA dele seria esse o escolhido de Deus. Mas Deis o fez escolher um pastor de ovelhas de estatura baixa e sem os atrativos de Eliab, escolhendo Davi exatamente pelo seu coração puro.

“Se em Cristo estais mortos aos princípios deste mundo, por que ainda vos deixais impor proibições como se vivêsseis no mundo?   (...) Elas podem, sem dúvida, dar a impressão de sabedoria (...) Mas não têm nenhum valor real, e só servem para satisfazer a carne”.  Preceitos do Senhor, em Colossenses,   2.21. 

Eu, particularmente, sou contra as tatuagens e das  operações plásticas, pois o Criador, na sua bondade, nos concedeu o pele limpa e alerta da velhice. Não? Então vejamos:

Na sua superior sabedoria que a tudo fez absolutamente perfeito, equilibrado e harmonioso, o Criador formou o nosso corpo de modo que até o estado de velhice do corpo tem papel importante. O homem nasce, chega ao ápice da vitalidade e depois começa, de modo lento, mas progressivo, a definhar, geralmente a aumentar de peso e a diminuir um pouquinho de altura, por isso mesmo, para os religiosos que crêem em Deus sabem que quando a velhice chega podemos considerá-la até como uma bênção, como um sinal avisando que está chegando a sua hora para que se prepare, a tempo, para a promessa de nova vida.

Com esse tipo advertência velada ─ nem sempre possível a todos ─ Deus dá oportunidade aos justos, aos incautos e até mesmo aos ímpios, se quiserem, para se prepararem para o encontro com ele em dia incerto, pois, caso contrário, segundo as principais religiões, poderá ser algo muito perigoso.

É perfeitamente compreensível que se o corpo permanecesse sempre jovem e belo até o dia de sua morte natural ─ um tipo de Dorian Gray ─, estaria descaracterizado o necessário aviso de que estaria chegando a sua hora. É notório que a sabedoria e a prudência aumentam bastante com a velhice. Por isso tudo, bendito seja Deus que a tudo fez perfeito e que nos concedeu, também, o alerta da velhice corporal, situação física não apreciada pela ampla maioria, é claro, mas necessária pelo menos para quem vive a inefável esperança da eternidade, segundo as Escrituras.

Então, viva a velhice!

“Guias cegos; coais um mosquito e engolis um camelo!”. Jesus, em Mateus, 23.24.


Waldecy Antonio Simões.    walasi@uol.com.br

 Todos os meus escritos são livres para publicações, desde que os textos não sejam modificados.

Abaixo, mas dos meus blogs contendo assuntos diversos, mas todos bíblicos:
















http://ainfalibilidadedospapasewabsurda.blogspot.com.br/






























                                                          













































                            












 Waldecy Antonio Simões. walasi@uol.com.br

Todos os meus textos são livres para publicações, desde que os textos não sejam alterados

Eu sou a voz que clama na Internet.

 “Então, no Reino do Pai, os justos resplandecerão como o Sol”.  Promessa de Jesus, em Mateus, 13.43